PARA UMA MELHOR LOJA

“We see our customers as invited guests to a party, and we are the hosts. It's our job every day to make every important aspect of the customer experience a little bit better”.

Jeff Bezos

A Transformação Digital está mudando radicalmente a experiência de compra e a interação com os espaços - físicos e digitais - que a acolhem. Os varejistas muitas vezes experimentam essa mudança como uma competição irredutível entre os mundos real e virtual, com compras online engolindo as vendas offline. Na realidade, esta área representa, talvez melhor do que outras, como a sua interdependência necessária é capaz de enriquecer poderosamente a qualidade da experiência de compra.

 

Na nossa visão, a relação harmônica entre o mundo digital e o mundo físico não implica uma contraposição entre o ambiente online e o offline, pelo contrário: são momentos diferentes - muitas vezes contextuais - de uma única experiência que definimos como "viva", ou seja, construída em tempo real em torno da relação emocional entre consumidor e marca, numa troca constante, contínua e recíproca nos diferentes momentos de verdade que caracterizam o processo de compra.

 

A loja torna-se assim um lugar "responsivo" que é moldado em torno do cliente que se torna livre para interagir com os diferentes produtos. Neste local a sua experiência de compra torna-se parte integrante e fundamental do valor e da marca. É uma relação "ganha-ganha" que oferece às pessoas uma experiência fluida, simples, inovadora e personalizada, cada vez mais customizada, imersiva, atenta ao sentimento e valor do tempo. Por seu lado, o vendedor está cada vez mais consciente da satisfação que sua proposta recebe e pode adaptá-la melhorando continuamente o prazer dos clientes e aumentando a rentabilidade dos lugares que a recebem.

 

Neste panorama, as tecnologias digitais e o design físico trabalham em conjunto para tornar cada experiência única, excitante e sempre agradável.

O NOSSO MODELO

Para nós a loja é um lugar híbrido, sensível porque reage e interage com o cliente; é um espaço capaz de "falar" e ouvir, onde o bem-estar da pessoa, as suas emoções, a aprendizagem se tornam o ponto central de referência do percurso do cliente, seja ele expresso em ambiente físico ou digital.

 

 

O novo ponto de venda é capaz de ser multicanal, atendendo ao cliente nos mais variados micromomentos onde surge a necessidade de comprar, acompanhando-o em uma experiência de usuário surpreendente que será sempre "envolvente", independentemente do ambiente - físico, digital ou misto - onde efetivamente se realizará.

 

 

 

GESTÃO ESTRATÉGICA DO ESPAÇO
A análise da atratividade de uma marca e de seus produtos dentro de um espaço em relação às escolhas online e offline do cliente permite decisões estratégicas conscientes em benefício de todos os protagonistas do processo de venda. O proprietário possui um painel de controle que monitora em tempo real fatores-chave como a alocação da mistura de produtos para móveis individuais de exposição, indicadores de rentabilidade do espaço, tendências de vendas, gestão de iniciativas promocionais.
LOVEMARK & ESTILO DE VIDA
Tornar o local onde a marca é disponibilizada fisicamente uma experiência emocionante é possível graças à garantia dos mais altos níveis de serviço e ao conhecimento das expectativas e desejos do cliente cada vez mais voltados para o varejo. A interação do pessoal da loja com o cliente torna-se parte fundamental da relação de confiança e identificação entre pessoa e marca, fator cada vez mais decisivo no processo de venda. Não só o atendimento ao cliente, mas também a atenção às questões ambientais e à sustentabilidade podem se tornar um motor de inovação não apenas no negócio principal, pois permitem que a aceitação da marca como norma transmita um estilo de vida sustentável e cuidadoso.
MÁ EXPERIÊNCIA DO CLIENTE
Não basta ter consciência da dinâmica dos pontos de venda: é preciso ter o pulso da qualidade da relação entre marca e cliente. Hoje, através de ferramentas como o mapa de calor, o monitoramento de rotas, a análise do sentimento e o reconhecimento do tempo de atenção, podemos ter constantemente a sensibilidade dessa relação, acompanhar a pessoa dentro dos espaços interceptando suas preferências. Identificando os pontos de contato da interação emocional da pessoa com espaços e produtos, oferece em todos os momentos ambientes que se adaptam aos seus desejos e necessidades.

Na nossa visão, a relação harmoniosa entre o mundo digital e o mundo físico não implica qualquer oposição entre os mundos online e offline.

 

O novo ponto de venda é capaz de ser multicanal, atendendo ao cliente nos mais variados micromomentos onde surge a necessidade de comprar, acompanhando-o em uma experiência de usuário surpreendente que será sempre "envolvente", independentemente do ambiente - físico, digital ou misto - onde ele será efetivamente realizado.

Contattaci

Informazioni societarie| copyright© eFM 2018 |Privacy Policy